Apaixonado(a) pelo colega de trabalho? Veja como lidar com a situação

FacebookLinkedInTwitterGoogle+PinterestWhatsAppEmailPrint

No dia a dia passamos muito tempo dentro das empresas e com isso acabamos criando laços com outros profissionais que convivemos. São diversas reuniões, ajudas com determinadas atividades, almoços em equipe e happy hours, que nos aproximam das pessoas, principalmente das que temos mais afinidade. A partir daí, diversos sentimentos podem surgir inclusive a paixão por algum colega de trabalho.
Apesar de ainda ser um assunto polêmico dentro das organizações e muito comentado, principalmente entre os gestores e o RH, a situação é mais comum do que parece. No entanto, é preciso sim muito cuidado para não ser visto de forma negativa ou tornar o ambiente difícil para trabalhar. Confira algumas dicas para lidar da melhor forma possível com a situação.

Conheça as políticas da empresa
Já existem muitas organizações que não fazem oposição ao envolvimento entre colaboradores. Outras permitem esse tipo de relação, desde que os profissionais não atuem na mesma área ou que um dos dois não ocupe posição de chefe direto. Já em lugares mais tradicionais, namoros no ambiente corporativo ainda não são permitidos. Sendo assim, antes de qualquer coisa é fundamental entender como funciona seu local de trabalho para que não seja prejudicado.

Evite envolvimentos polêmicos
Caso a pessoa também demonstre algum interesse e esteja desimpedida, vocês podem marcar algo fora do expediente para que se conheçam melhor. Mas caso não tenha percebido nenhum sinal ou uma das partes já possua um relacionamento, evite o envolvimento e seja o mais reservado possível quanto ao que sente. Esse tipo de relação pode causar fofocas e até mesmo problemas, que não são bem-vistos nas organizações.

Seja discreto
Caso o romance engate de vez, procure informar o seu chefe direto, até mesmo para demonstrar transparência e passar confiança. No entanto, com os demais colegas procure sempre manter a discrição. Carinhos e apelidos carinhosos, por exemplo, devem ser deixados para momentos fora do escritório, assim como discussão de problemas pessoais, uma vez que dentro da organização o foco deve ser apenas no negócio.

Mantenha a postura profissional
Assuntos de trabalho devem continuar sendo resolvidos da mesma forma. Demonstrar preferência ou ser mais flexível com horários ou entregar, por exemplo, por conta do relacionamento ou interesse por uma pessoa da empresa é extremamente inadequado e pode até mesmo comprometer a forma como as pessoas te enxergam dentro da organização.

E se o romance não der certo?
Caso tenha apostado todas as fichas nesse novo romance, mas as coisas fujam do esperado, procure manter a calma e levantar a cabeça. Na prática não é tão simples, no entanto, ao menos no ambiente de trabalho as coisas devem ser encaradas de forma natural e ambos precisam manter o respeito e realizar suas atividades, sem causar confusão ou desentendimentos.

De modo geral, o importante é sempre agir com ética e entender que nenhuma relação pode influenciar o dia a dia dentro da organização. Seja apenas no caso de uma paixão passageira ou de fato um romance, as coisas não devem se misturar e se souber agir de forma madura e sempre com cautela tudo será encarado tranquilamente.
Agora que você já sabe como lidar com uma paixão por um colega de trabalho, que tal compartilhar o artigo com outras pessoas? Aproveite para deixar seus comentários.

FacebookLinkedInTwitterGoogle+PinterestWhatsAppEmailPrint

Comentários

comentários

Os comentários estão desabilitados.